Sim. Se você está com o bilhete de passagem em mãos, é preciso entrega-lo em qualquer bilheteria Saritur, pois o bilhete se trata de um documento fiscal. O valor devolvido sofrerá dedução de 5%, Lei 11.975/09 e a empresa fará a devolução através de deposito em conta bancaria em até 30 dias. Se caso tenha adquirido a passagem pela internet, mas o bilhete ainda não foi emitido, é possível solicitar o cancelamento pelo telefone 0800 039 88 46.

Não, a passagem poderá ser remarcada por até um ano após a data de emissão do bilhete, de acordo com a Lei 11.975/09.

A partir dos seis anos. Crianças de até cinco anos de idade não pagam, desde que não ocupe poltrona.

Não, no momento está opção não está disponível. O cliente poderá adquirir sua passagem com antecedência ou através de nosso site.

Sim, a Lei n° 21.121/14 garante aos idosos maiores de 65 anos e pessoas com deficiência, ambos com renda individual inferior a 2 salários mínimos, o direito de viajar de graça para qualquer município mineiro com a Carteira SINDPASSE.

Não, no momento está opção não está disponível.

Não, no momento está opção não está disponível.

O peso máximo da bagagem é de 25kg, com volume máximo de 1 metro cubico, transportado no bagageiro. No caso do porta embrulhos o valor é de 5kg. Excedida a franquia será obrado o valor de 0,5% do preço da passagem pelo transporte de cada quilograma de excesso.

  1. Consultar previamente a empresa de transporte coletivo de passageiros, responsável pelo atendimento, sobre a viabilidade do transporte;
  2. o animal não poderá ser transportado junto com os demais passageiros, exceto o cão-guia acompanhante de deficiente visual, conforme disposto na Lei Federal nº 11.126 de 27/06/05;
  3. O passageiro responsável pelo animal deverá apresentar a GUIA DE TRÂNSITO ANIMAL – GTA, de acordo com o modelo definido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, na Instrução Normativa nº 18, de 18/07/06, fornecida por médico veterinário credenciado pelo Serviço de Sanidade Animal do Ministério da Agricultura.
  4. No transporte em viagem intermunicipal de cães e gatos, dispensa-se a GTA, sendo obrigatório, porém, o porte pelo passageiro responsável do ATESTADO SANITÁRIO, que também, é definido pela Instrução Normativa nº 18 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo emitido por um médico veterinário inscrito no Conselho Regional de Medicina Veterinária; animal deverá estar devidamente acondicionado em recipiente apropriado para transporte, isento de dejetos, água e alimentos e que garanta a segurança, a higiene e o conforto deste.

Sim, mas o cliente deve comparecer a bilheteria com três horas de antecedência antes da viagem para efetuar a troca.

A partir de 12 anos com documente original (identidade ou certidão de nascimento).

Certidão de nascimento original da criança e identidade dos pais. Se não for parente, tem de ter autorização de viagem emitida pelo juizado da infância. A rodoviária de Belo Horizonte possui um.

No caso da perda do bilhete o passageiro também perderá o direito à viagem ou a qualquer ressarcimento financeiro. Conforme regulamentação vigente, o embarque de passageiros sem o bilhete de passagem é infração grave, sujeito a multa.